28.8.09

salas descartáveis

sala confortável
cadeiras macias
ambiente climatizado
informatizada em rede
copos descartáveis

sala estranha
cadeiras elétricas
ambiente artificial
circuito fechado
corpos descartáveis

2 comentários:

Márcio B. S. disse...

Acho q vivemos em um mundo descartável hj, como disse o Tyler Durden de Clube da Luta, tudo é feito em porções únicas. Tudo acontece muito rápido, não temos mais tempo de digerir, temos q experimentar as coisas por segundos e passar para outras, não há profundidade, por isso é q freqüentimente nos sentimos vazios...

Márcio B. S. disse...

Essa poesia tem algo em comum com a minha Hiperespaço Urbanóide em termos de sentido.